Jesus Cristo é o Senhor em todos os idiomas!

Jesus Cristo é o Senhor em todos os idiomas!

A armadura de Deus parte 4 - O escudo



E levem sempre a fé como escudo, para poderem se proteger de todos os dardos de fogo do Maligno. Efésios 6:16 (Linguagem de hoje).

O escudo é a principal ferramenta de defesa para um soldado. Ele protegia o corpo contra pedras, lançadas das fundas, flechas inimigas e também golpes de espadas dos seus adversários.

Em média, um escudo pesava de  5kg - 7kg, um utensílio bastante pesado pra se usar o dia todo. E este é o grande problema do escudo, seu peso se multiplica ao longo das horas.

A bíblia chama este escudo de FÉ. 
Agora pense comigo: o problema da fé não é o começo da caminhada. No começo, na primeira fé, todos estão bem abraçados aos seus escudos. A pessoa sempre está pronta pra defender a sua fé.

Conforme o tempo vai passando, o escudo começa a ficar cada vez mais pesado, chega uma hora que o soldado está baixando a guarda e deixando seu rosto ou outros membros expostos aos ataques inimigos. Temos muitas pessoas na igreja que já baixaram seus escudos vencidos pelo tempo! Obreiros que o tempo se tornou seu pior inimigo.

Não esqueçamos que ele menciona os "dardos inflamados". Existiam dois tipos de dardos inflamados. O dardo pegando fogo, e o dardo envenenado.

Independente de qual dardo fosse lançado, o escudo frustrava estes ataques. O fogo causa o efeito na hora, já o veneno mata aos poucos.

Existem palavras, pensamentos e sentimentos que matam na hora, mas há aqueles venenos que demoram causar efeito, destroem aos poucos. 

Cuidado com estes dardos, ele podem ser um pensamento venenoso; ou um sentimento que aos poucos está te corroendo; ou ainda uma palavrinha que de vez em quando alguém solta pra te envenenar e você não usa o escudo da fé pra se proteger ficando vulnerável.

 Aconteça o que for, jamais solte a fé. Levem sempre FÉ como escudo.
Leia Mais

Você sabe o que é a Obra de Deus?


Mulheres e homens de Deus que acompanham a nossa série de postagens "Candidatas ao Altar", estou voltando depois de algum tempo para compartilhar os pensamentos que tenho sobre a obra de Deus aqui no nosso blog. 

''.Antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus, que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos..."
2 Timóteo 1:9

Estava eu recordando após ter meditado nessa passagem do livro de 2 Timóteo, sobre um determinado momento em que perguntaram se eu sabia o que era a obra de Deus, e com toda sinceridade respondi não saber, disse não fazia ideia e como não faço até hoje, mas o que guardo comigo são os ensinamentos do nosso Deus através dos grandes apóstolos como Paulo, que demonstra todo carinho e dedicação com o evangelho.

A passagem citada acima mostra que Deus nos chamou para uma santa vocação, para servi-Lo em toda e qualquer situação e aquele que escolhe viver para o Altar tem que está consciente que viveremos segundo o propósito de Deus e não ao nosso.

Fazer parte dessa obra é estar sujeito as lutas, perseguições, injustiças e tudo por uma só causa: o de levar a salvação às pessoas que têm sofrido pela falta dela.

Como se já não bastasse as lutas exteriores, a guerra é ainda maior para negar a si mesmo vencendo os seus próprios desejos, mas isso não intimida aquela que é nascida para o altar por que está disposta a chegar ao seu objetivo que é SALVAR.

"Por isso sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa.
Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna." 2 Timóteo 2:9-10
Leia Mais

VLOG: Evitando erros





Leia Mais

A armadura de Deus parte 3 - A couraça


Nós temos alguns órgãos do corpo humano que são vitais, principais, e que o mal funcionamento deles compromete a vida. Mas note que dentre todos estes órgãos o mais essencial é o coração.

Há diferença de você receber a notícia de que uma pessoa levou um tiro no braço, para a notícia de um tiro no peito! Por quê? Simples. Porque quando se fala em peito, o risco de atingir o coração é muito grande.

A couraça da justiça é o colete a prova de balas de hoje feito justamente para proteger o peito.

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida." Provérbios 4:23

Fonte significa: Nascente, origem, onde tudo começa.

Qual foi a fonte destes exemplos abaixo?

Ananis e Safira - cobiça (porque deixou satanás encher teu coração) Atos 5:3

Sansão - paixão (descobrindo-lhe todo o coração) Juízes 16:17

Caim - inveja (o teu desejo será contra ti) Gênesis 4:7

Judas - ganância (que me quereis dar, e eu vó-lo entregarei?) Mt 26:15

Nabucodonosor - orgulho (edifiquei a Babilônia para minha glória...perdeu coração de rei e mudou-se em coração de animal) Daniel 4:30,31,32

Lúcifer - orgulho,prepotência, (tu dizias no teu coração: serei semelhante ao Altíssimo) Isaías 14:14 e Ezequiel 28:16

Perceba que a origem de tudo se deu dentro de cada um deles! Ninguém tem nada a ver com o que está dentro de você! Se é algo bom ou ruim, você é responsável por mantê-lo aí dentro do peito ou expulsa-lo daí.

Por isso a couraça representa a força que fazemos, para impedir que estes sentimentos malditos entrem em nosso coração, porque depois de entrarem é uma luta pra saírem.
Leia Mais

VLOG: Porque a mudança NÃO acontece




Leia Mais

A armadura de Deus parte 2 - O cinto


"Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade..." Efésios 6:14

O CINTO por incrível que pareça é um dos acessórios mais importantes da armadura, porquê? Por que ele é quem firmava a couraça no corpo e segurava a espada na cintura. Ela dava o ajuste correto para a roupa do soldado.

Em relação a armadura de Deus, este cinto tem um nome: chama-se VERDADE.

O cinto, a princípio, não foi criado como enfeite, mas sim, como regulador da armadura e de vestimentas em geral.

Ele não pode estar nem apertado demais (para não causar incomodo) e nem frouxo (pra não deixar a armadura frouxa). Significa dizer que a VERDADE, que é Jesus, tem que ser equilibrada em nossa vida. 

É muito difícil encontrar um cristão equilibrado. Ou ele tem a verdade apertada demais e acaba fanatizado ou então ele tem a verdade frouxa demais e vira um cristão libertino!

O cinto também nos leva a entender como deve ser nosso relacionamento com a VERDADE. Ele fica bem apegado ao corpo do soldado, assim também devemos estar bem apegados ao Senhor Jesus.

O problema é que muitos cristãos fazem do evangelho apenas um enfeite, tem beleza, mas não tem utilidade nenhuma.

Mas o que significa cingir? Não é algo físico, mas algumas atitudes que tomamos em relação a verdade, conforme Pedro relatou: “Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo” (1 Pedro 1:13).

Assim cingir significa passar a ter uma atitude e comprometimento em relação à verdade. Isso nós fazemos, antes de mais nada, em relação ao nosso entendimento daquilo que é de fato verdade e infelizmente muitos não conseguem ser vitoriosos porque não cingiram sua vida com a verdade, mas com muitas doutrinas  e costumes de homens. Não podemos cair nesse erro!

Leia Mais

A armadura de Deus parte 1 - Os pés


"Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz..." Efésios 6:15

A armadura de um soldado, tinha a finalidade de impedir que ele fosse atingido em combate. Portanto, desde os pés até a cabeça, cada peça era de fundamental importância.

Os pés: 

Para cada situação exige-se um tipo de calçado adequado.
Ninguém pratica montanhismo com sapato social; nem joga futebol de salto alto; ou vai pro deserto descalço...

A primeira parte da armadura é a preocupação com os pés, pois são eles que dão equilíbrio e sustento ao corpo; se os pés não estão bem, certamente o corpo todo vai pagar o preço pelo seu desconforto. Por isso, a preocupação em calçar os pés do povo com a "PREPARAÇÃO DO EVANGELHO" ou seja, estar calçado na palavra de Deus. 

Quando falamos em pisar em serpentes e escorpiões, certamente isso só é possível através da palavra de Deus, ou seja, esmagamos o diabo calçados do evangelho.

Temos visto que os cristãos atualmente não tem estrutura em sua caminhada da fé, por isso desanimam tão fácil! Quando passam por um terreno mais acidentado, pelos espinhos, pedras, fogo, logo sentem seus pés feridos e desistem.

No livro de Daniel temos uma revelação importante sobre isto: 

"Tu, ó rei, estavas vendo, e eis aqui uma grande estátua; esta, que era imensa e de extraordinário esplendor, estava em pé diante de ti; e a sua aparência era terrível. A cabeça era de fino ouro, o peito e os braços, de prata, o ventre e os quadris, de bronze; as pernas, de ferro, os pés, em parte, de ferro, em parte, de barro. Quando estavas olhando, uma pedra foi cortada sem auxílio de mãos, feriu a estátua nos pés de ferro e de barro e os esmiuçou." Daniel 2:31-34

Esta estátua representa um tipo de cristão que se cobriu de ouro, prata, bronze...mas colocou tudo sobre uma estrutura de barro incapaz de sustentar tudo que conquistou. É a casa edificada sobre a areia. 

Por isso que a primeira parte da armadura a se preocupar, é com os pés, pois eles vão te sustentar até o último suspiro de vida.
Leia Mais